Abaixo estão as principais informações para você que tem interesse em contratar um Jovem Aprendiz, com base no Manual da Aprendizagem , do Ministério do Trabalho e Emprego.

• Aprendiz é o adolescente ou jovem entre 14 e 24 anos, que esteja matriculado e frequentando a escola, caso não haja concluído o ensino médio, e inscrito em programa de aprendizagem (art. 428, caput e § 1º, da CLT). Caso o aprendiz seja pessoa com deficiência, não haverá limite máximo de idade para a contratação (art. 428, § 5º, da CLT). (p. 15).

• Os estabelecimento de qualquer natureza, que tenham pelo menos 7 empregados são obrigados a contatar aprendizes, de acordo com o percentual exigido por lei (art. 429 da CLT) (p. 16)

• A cota de aprendizes está fixada entre 5%, no mínimo, e 15%, no máximo, por estabelecimento. Esta cota é calculada sobre o total de empregados cujas funções demandem formação profissional.

• As Microempresas (ME) e Empresas de Pequeno Porte (EPP) não estão obrigadas a contratar jovens aprendizes. A contratação é facultativa, inclusive para as que fazem parte do SIMPLES NACIONAL.

• Departamentos que possuem insalubridade, periculosidade, que tenham trabalhos noturnos e que trabalham nos finais de semana, não poderãocontar comJovens Aprendizes nos seus quadros. No entanto, o número de empregados que a empresa já possui nesses departamentos contribui para a fixação da cota de aprendizes que a empresa pode ou deve contratar.

• Os Jovens Aprendizes podem ser empregados somente como Auxiliares Administrativos (abaixo de 18 anos).Estes Jovens podem trabalhar de 4h à 6h diárias, de segunda a sexta-feira.

• O Jovem Aprendiz deve participar, uma vez por semana, das aulas teóricas ministradas pelo Instituto Crescer e validadas pelo Ministério do Trabalho. Essas aulas serão sempre no turno de trabalho do Jovem Aprendiz e fazem parte do Programa de Aprendizagem homologado pelo Ministério do Trabalho, contando como horas efetivamente trabalhadas.

• Os Contratos são de no máximo2 anos, e poderão ser rescindidos pela empresa, através de alguns critérios exigidos pelo Ministério do Trabalho.

• O salário de um Jovem Aprendiz tem como base o salário mínimo ou o salário da categoria (o valor que for maior) em que a Empresa está incluída. O salário sempre será proporcional ao número de horas contratadas com o Jovem Aprendiz e definidas pela empresa.

• Todos os benefícios que a empresa oferece aos colaboradores efetivados, deverão ser oferecidos aos Jovens Aprendizes. Salvo o Vale Alimentação / Refeição que quando trabalhado somente 4 horas, não é exigido.

• Para se contratar um Jovem Aprendiz pelo Instituto Crescer, basta entrar em contato com o e-mail jovemaprendiz@acii.com.br e solicitar uma visita ou maiores informações via telefone.

• Após o contato, encaminharemos nossos Contratos para a verificação e assinaturas. A partir da assinatura do Contrato de Parceria, inicia-se o processo seletivo, pela empresa, dos Jovens Aprendizes. Solicitamos sempre que a empresa nos encaminhe o perfil do Jovem Aprendiz desejado, a área em que ele atuará e o horário, para que possamos apresentar os candidatos mais próximos às expectativas da empresa.

• Após a seleção, o Instituto faz o Contrato de Aprendizagem e o encaminha para a empresa e solicita as devidas assinaturas.

• A taxa administrativa cobrada por cada Jovem contratado é de 18,5% do salário mínimo.

Estamos à disposição para sanar as dúvidas e responder aos questionamentos da sua empresa.

Venha junto com o Instituto Crescer abrir as portas da empregabilidade para os nossos jovens,que não somente sonham, mas realizam e constroem o seu novo futuro!

Jovem Aprendiz é mais do que um Programa de Aprendizagem do Ministério do Trabalho e Emprego, podemos afirmar que é uma oportunidade do Jovem se tornar protagonista de sua própria história.

Nossos Jovens possuem vulnerabilidade social, e uma cultura que  geralmente os leva a um sub emprego . Uma das possibilidades deste futuro é em função da falta de prioridade na conclusão de seus estudos. Essa realidade é passada de geração em geração e faz com que a “normalidade” deste Jovem, seja de um futuro sem grandes perspectivas profissionais.

Tendo comobase uma realidade que já é caracterizada com poucas perspectivas e com uma auto estima muito baixa, todas as dificuldades que são geradas na busca de novas possibilidades, se tornam muito mais complicas, difíceis e quase impossíveis.

O Instituto Crescer tem essa missão, fazer com que esse Jovem possa experimentar uma nova realidade, traçar um novo caminho, que muitas vezes, é diferente de toda a sua cultura familiar, caracterizando uma mudança de comportamento de gerações.